REBRAFIC patrocina Ciclo de Cinema Brasileiro na Florida

Rio de Janeiro e Boca Raton, Flórida, 17 de janeiro de 2018. A REBRAFIC patrocinará o Ciclo de Cinema Brasileiro, uma mostra de filmes brasileiros a ser realizada na Florida Atlantic University através de uma parceria entre a FAU e a LATC – Latin American Training Center. Ao longo de cada mês, um filme brasileiro será exibido gratuitamente na universidade. A lista de filmes que serão exibidos foi selecionada a fim de trazer representatividade a todas as cinco regiões do Brasil e assim promover internacionalmente as locações de cada uma delas.

A abertura da mostra acontecerá dia 4 de fevereiro com a pré-estreia nos EUA do filme “Querido Embaixador”. O filme conta a história do diplomata brasileiro Luiz Martins de Souza Dantas, que, na França, durante a Segunda Guerra Mundial, salvou centenas de judeus e outras minorias perseguidas pelos nazistas ao conceder vistos para o Brasil, e, por esse feito, assim como Oskar Schindler, recebeu o título de “Justo entre as nações”. A pré-estreia contará com a presença de seu diretor, Luiz Fernando Goulart, que participará de um debate com a plateia após a exibição e no dia seguinte apresentará uma Master Class durante o seminário “Tendências atuais no cinema e no documentário latino-americano”.

Além da REBRAFIC, o ciclo conta com o apoio da Brazil International Foundation, da Divisão de Promoção do Audiovisual do Ministério das Relações Exteriores do Brasil e do Consulado Geral do Brasil em Miami. Abaixo a lista dos filmes brasileiros que serão apresentados ao longo do ano, um a cada mês:

1) Querido Embaixador, Luiz Fernando Goulart, 2017.
2) Sangue Azul, Lírio Ferreira Drama Filmes, 2015.
3) Encantados, Tizuka Yamasaki, 2014.
4) Margarete Mee e a Flor da Lua, Malu De Martino, 2013.
5) Palavra (En)cantada, Helena Solberg, 2009.
6) Terra Vermelha, Marco Bechis, 2008.
7) O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias, Cao Hamburguer, 2006.
8) O Quatrilho, Fábio Barreto, 1995.
9) Dona Flor e seus dois maridos, Bruno Barreto, 1976.

Mais detalhes em: http://www.fau.edu/artsandletters/college-initiatives/brazilian-film-series/.

Artigo aborda defesa da Propriedade Intelectual por Film Commissions

Rio de Janeiro, 22 de Dezembro de 2017. Na última sexta-feira, 21, o site Revista de Cinema publicou o artigo “As Film Commissions e a proteção da propriedade intelectual”, de autoria de Steve Solot, diretor executivo da REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions. No texto, são comentados como a questão da propriedade intelectual pode ser um eixo de ação das film commissions, e os impactos da pirataria no setor audiovisual.

No panorama brasileiro, os dados da Motion Picture Association (MPA) Brasil demonstram os efeitos nocivos da pirataria sobre a indústria audiovisual: chegam a R$ 2 bilhões as perdas para a indústria audiovisual e ao todo 58 mil postos de trabalho deixam de ser criados. Já os números da ABTA – Associação Brasileira de Televisão por Assinatura indicam que 100 mil empregos estão em risco por causa da pirataria e que os cerca de quatro milhões de aparelhos de TV por assinatura pirata em uso no país geram uma perda de receita de R$ 6 bilhões para o setor anualmente.

Como proposta de ação para film commissions a fim de combater a pirataria, é citado o exemplo da New Zealand Film Commission (NZFC), que estabeleceu regras rígidas para o uso de screeners (arquivos destinados para teste ou promoção) dos filmes apoiados, entre outras sugestões de como as film commissions podem contribuir ao combate à pirataria no Brasil.

Leia o artigo na íntegra clicando aqui.

REBRAFIC participa do Ventana Sur 2017

Buenos Aires, 2 de dezembro de 2017. A REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions compareceu à nona edição do Ventana Sur, mercado de cinema latino-americano que aconteceu na cidade de Buenos Aires (Argentina), entre os dias 27 de novembro e 1º de dezembro.

Steve Solot, diretor executivo da REBRAFIC, integrou a delegação brasileira organizada pelo Programa Cinema do Brasil, em busca de novas oportunidades para as film commissions brasileiras.

IMG_1060

O diretor executivo da REBRAFIC no stand do Programa Cinema do Brasil.

Uma vez que a REBRAFIC é membro do Programa Cinema do Brasil, todas as film commissions associadas à REBRAFIC foram automaticamente representadas no Ventana Sur. Produtores de todo o mundo que estiveram no evento reunidos com o representante da REBRAFIC, buscando por informações referentes a locações, foram orientados a contatar as film commissions brasileiras para viabilizar projetos futuros.

O Ventana Sur é organizado pelo Mercado do Filme do Festival de Cannes e pelo INCAA – Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales da Argentina, e reúne profissionais do setor audiovisual, entre compradores, vendedores, distribuidores e produtores. O evento promove exibições diárias de filmes, além de encontros de negócios e conferências, mobilizando mais de 3.000 participantes.

Mato Grosso recebe o Curso de Certificação de Film Commissioners

Cuiabá, 17 de novembro de 2017. A convite do SEBRAE-MT, a REBRAFIC conduziu o Curso de Certificação de Film Commissioners em Cuiabá, capital matogrosssense, entre os dias 16 e 17 de novembro. O objetivo do encontro foi apresentar as bases para o estabelecimento de uma film commission de abrangência estadual, através de sinergias entre os setores público e privado.

IMG_1426

Paula Bruehmueller (SEBRAE-MT) e o diretor executivo da REBRAFIC (Steve Solot)

Na noite do dia 16 (quinta-feira), o diretor executivo da REBRAFIC, Steve Solot, abriu a ocasião com um panorama sobre a indústria audiovisual mundial e os benefícios econômicos gerados pelo estabelecimento e funcionamento de uma film commission.

 

IMG_1440

Apresentação do dia 16 de novembro.

Durante o dia 17, sexta-feira, foram abordados os aspectos legais e práticos da atividade de um escritório de apoio à produção audiovisual. Os participantes puderam ter contato com a rotina de um film commissioner, além de compreender os desafios enfrentados na operação plena de uma FC.

 

IMG_1471

Apresentação do dia 17 de novembro.

O público presente era composto essencialmente por produtores audiovisuais e gestores públicos das áreas de Turismo e Cultura. Ao final do curso, os participantes receberam o certificado emitido pela empresa LATC – Latin American Training Center, especializada em iniciativas de capacitação.

REBRAFIC marca presença em evento de Los Angeles (EUA)

Los Angeles, 31 de outubro de 2017. O Luxe Sunset Boulevard Hotel, de Los Angeles (EUA) recebeu na última terça-feira, 31, o evento ‘The Brazilian Film, TV and Video on Demand Industry’ (A Indústria Brasileira de Filmes, TV e Video on Demand’), que abordou as parcerias e oportunidades de investimentos, além de marcos regulatórios para a indústria audiovisual brasileira.

A abertura ficou por conta do Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, que ofereceu um panorama da indústria criativa no Brasil, com foco sobre a atividade audiovisual. O diretor executivo da REBRAFIC, Steve Solot, integrou o painel ‘Audiovisual Production in Brazil: Incentives for Investiments’ (‘Produção Audiovisual no Brasil: Incentivos para investimentos’), que ainda contou com a participação de Mary Ann Hughes (Vice Presidente de Planejamento de Produções da Disney) e Felipe Cusnir (Gabinete do Prefeito de Los Angeles).

 

IMG_0750

Steve Solot apresenta a REBRAFIC no evento.

IMG_0752

Painel ‘Audiovisual Production in Brazil: Incentives for Investiments’: Steve Solot, Mary Ann Hughes, Sergio Sá Leitão e Felipe Cusnir.

IMG_0703

Steve Solot, Fabio Cesnik e Sergio Sá Leitão com o “Guia para Film Commissions”

O evento foi promovido pela MPA – Motion Picture Association, pelo Festival Hollywood Brazilian e pela firma Cesnik, Quintino & Salinas Advogados.

ANCINE ANUNCIA MEDIDAS DE APOIO ÀS FILM COMMISSIONS EM WORKSHOP DA REBRAFIC

Rio de Janeiro, 12 de outubro de 2017. Aconteceu ontem, 11 de outubro, o workshop de film commissions realizado pela REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions durante o Rio Market.

Durante a mesa-redonda “Políticas públicas aos escritórios de apoio ao audiovisual”, Debora Ivanov, Diretora-presidente em exercício da Ancine, anunciou duas ações inéditas para contribuir com o crescimento das film commissions:

1) a validação das film commissions existentes no país a traves de um mapeamento observando uma grade de critérios, para que então a Ancine realize a divulgação do trabalho de cada film commission direcionada às produções estrangeiras, e 2) a destinação de recursos para a capacitação pelas novas regras da linha de Arranjos Financeiros Estaduais e Regionais da FSA.

Além da diretora-presidente em exercício da Ancine, a mesa-redonda contou com representantes do BNDES – Banco Nacional do Desenvolvimento, da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura e do STIC – Sindicato Interestadual dos Trabalhadores na Indústria Cinematográfica e do Audiovisual

IMG_6558

Da esquerda para a direira: Tânia Pinta (Rio Film Commission), Steve Solot (REBRAFIC), Debora Ivanov (Ancine) e Tammy Weiss (São Paulo Film Commission)

Debora Ivanov, diretora-presidente em exercício da Ancine, exaltou o trabalho da REBRAFIC: “Por estímulo da REBRAFIC, estamos pensando em ações que possam contribuir para o crescimento das film commissions“. Segundo Ivanov, uma destas ações é a validação das film commissions existentes no país. Para tanto, será feito o mapeamento dos escritórios de apoio observando uma grade de critérios, para que então a Ancine realize a divulgação do trabalho de cada film commission direcionada às produções estrangeiras que visem ser desenvolvidas no Brasil.

Luciane Gorgulho, chefe de Departamento da Economia da Cultura do BNDES, afirmou que as film commissions otimizam o potencial econômico da cadeia produtiva da cultura, pois auxiliam o desenvolvimento orgânico nacional e regional, auxiliam a regulação e desburocratização da atividade audiovisual e incrementam a geração de receitas e postos de trabalho.

BNDES

Apresentação de Luciane Gorgulho (BNDES)

Para a Secretaria do Audiovisual, representada por Ana Paula Sylvestre, é priomordial a identificação de polos promissores para a instalação de film commissions, levando em conta as oportunidades de desenvolvimento econômico regional.

O presidente do STIC, Luiz Antonio Gerace, enalteceu o papel das film comissions de promover o intercâmbio e diálogo entre profissionais locais e demais agentes da indústria criativa.

Sav e STIV

Luiz Antonio Gerace (STIC) e Ana Paula Sylvestre (SAv)

Depois da mesa-redonda, Steve Solot, Diretor Executivo da REBRAFIC, apresentou os objetivos e benefícios da REBRAFIC, seguido pela apresentação de Denise Forini, representante do Sebrae Nacional, que destacou que as film commissions promovem a sustentabilidade dos empreendimentos audiovisuais, a integração com o turismo e o auxílio na interface com o poder público.

steve2

Steve Solot, diretor executivo da REBRAFIC.

sebrae

Denise Forin, representante do Sebrae Nacional

Na parte da tarde, a mesa-redonda “Experiências de Film Commissions no Brasil” ouviu os depoimentos de Leonardo Randolfo (Presidente da Film Commission de Petrópolis), Tammy Weiss (Coordenadora da São Paulo Film Commission – Spcine), Roberto Monzo (Diretor Executivo do Pólo Audiovisual de Barra do Piraí – RJ), André Felipe Gevaerd Neves (Diretor da Rede Catarinense de Film Commissions – RECAFIC e diretor administrativo-financeiro da REBRAFIC) e Giovana Arduíno (Representante da Ribeirão Preto Film Commission).

Tammy e Pandolfo

Tammy Weiss (São Paulo Film Commission) e Leonardo Pandolfo (Film Commission de Petrópolis)

Pandolfo apresentou um panorama dos desafios de uma film commission recém implantada, enquanto Weiss apresentou os resultados da film commission paulistana, em operação há um ano e 4 meses: foram atendidas 1.258 produções nacionais e internacionais. Gevaerd falou sobre as articulações necessárias para a atividade plena de uma film commission, seguido pelo Arduíno, que expôs os fatores prósperos do escritório de apoio de Ribeirão Preto. Já Monzo, relatou os 8 anos de trabalho em torno do Polo Audiovisual de Barra do Piraí, que conta com um festival de cinema estudantil realizado anualmente.

recafic ribeirao monzo

André Felipe Gevaerd Neves (Diretor da Rede Catarinense de Film Commissions – RECAFIC e diretor administrativo-financeiro da REBRAFIC), Giovana Arduíno (Representante da Ribeirão Preto Film Commission) e Roberto Monzo (Diretor Executivo do Pólo Audiovisual de Barra do Piraí – RJ).

Marcia Pessoa, Gerente de Turismo e Incentivo do Rio Convention & Visitors Bureau, apresentou o plano de trabalho em execução no município do Rio de Janeiro e enfatizou os benefícios gerados pelo turismo cinematográfico. Em seguida, Tânia Pinta, coordenadora da Rio Film Commission, explicou os pontos básicos do atendimento das film commissions a uma produção.

Marcia pessoa

Marcia Pessoa, do Rio Conventions & Visitors Bureau

Tp

Tânia Pinta, Coordenadora da Rio Film Commission

A última apresentação do workshop foi conduzida por Julio Uchôa, experiente produtor responsável pelo longa-metragem ‘SOS – Mulheres ao Mar 2’, que relatou sua experiência de parceria com uma film commission estrangeira.

julio uchoa

Julio Uchôa, produtor.

O evento, realizado no Hotel Royal Tulip Rio São Conrado, contou com 200 inscritos e foi encerrado com a entrega de certificados aos participantes.

New Brazilian Film Commission Network – REBRAFIC Joins AFCI Affiliate Member Program | LATC – Latin American Training Center

acordo AFCI estande cinema do Brasil

 

New Brazilian Film Commission Network – REBRAFIC Joins AFCI Affiliate Member ProgramMay 19th, 2015 (Homepage, notícia)Steve Solot, Executive Director of the recently-created Brazilian Film Commission Network-REBRAFIC (Rede Brasileira de Film Commissions), and Kevin Clark, Executive Director of the Association of Film Commissioners International-AFCI announced a new basic framework agreement for the mutual exchange of resources and benefits between their organizations, during a joint ceremony on May 17th during the Marché du Film at the Cannes Film Festival.

The announcement was made at the booth of Cinema do Brasil, the Brazilian Film Industry Export Program. Solot also serves as President of the Rio Film Commission and President of the Latin American Training Center.According to the new Agreement, the AFCI will place the REBRAFIC logo, website and contact information on its own website, so that producers from all over the world will have access to all REBRAFIC member film commissions (both those in formation as well as those already legally constituted). In addition, the members of REBRAFIC shall have access to AFCI University Courses.The recently-created Brazilian Film Commission Network will join the AFCI worldwide network of more than 300 film commissions representing six continents, devoted to serving the motion picture, television, commercial, digital and interactive media industry by supplying essential goods and services for the business of facilitating film and television production activity, which generates billions of dollars annually.Film commissions, established by cities, counties, states, provinces or federal governments, are generally operated and funded by government agencies, such as the governor’s or mayor’s office, the county board of supervisors, chambers of commerce, convention and visitors bureaus, travel commissions, and business and economic development departments. Their primary responsibility is to attract film and video production to their area to capture economic benefits of hiring local crews and talent, renting local equipment, using hotel rooms, rental cars, catering services, and other goods and services supplied on location.The announcement ceremony was attended by: Kevin Clark, Executive Director of the AFCI; Silvia Rabello, President of SICAV, Interstate Audiovisual Union of Rio de Janeiro; Ana Leticia Fialho, Executive Manager of Cinema do Brasil; Manoel Rangel, President of the National Film Agency, Ancine; André Sturm, President of Cinema do Brasil; Thamilla Talarico, Audiovisual Director of FIRJAN; Fabio Cesnik, Legal Advisor of REBRAFIC, and Steve Solot, Executive Director of REBRAFIC.For more information visit www.rebrafic.net and www.afci.org.Fabio Cesnik, André Sturm, Ana Leticia Fialho, Thamilla Talarico, Manoel Rangel, Silvia Rabello, Kevin Clark, Steve Solot.

Source: New Brazilian Film Commission Network – REBRAFIC Joins AFCI Affiliate Member Program | LATC – Latin American Training Center

BTVP - BrazilianTVProducers

LATC lança Guia para Film Commissions e REBRAFIC em encontro no escritório da ABPITVSteve Solot, presidente do Centro de Treinamento e Assessoria Audiovisual  – LATC (Latin America Training Center) e presidente da Rio Film Commission, esteve na tarde dessa segunda-feira, 23, no escritório da ABPITV em São Paulo  para o lançamento do “Guia para Film Commissions no Brasil”, livro com orientação básica para a implantação e operação de um escritório de apoio às produções audiovisuais em cidades ou estados brasileiros, escrito em parceria com o escritório de advocacia Cesnik, Quintino & Salinas. Na ocasião também foi lançada a Rede Brasileira de Film Commissions, a Rebrafic.Segundo Solot, o livro traz em 10 capítulos um panorama dos pilares básicos de uma film commission, que é o atendimento ao produtor, a atração de atividades audiovisuais e a gestão da film commission. O advogado Fábio Cesnik, acrescentou que a obra apresenta alguns modelos de film commission e de como adaptá-los ao Brasil e dá insights de como criar um atrativo para a film commission.Sobre a Rebrafic, Solot explicou que a rede surge de uma necessidade de organização do setor.  Um estatuto está sendo desenvolvido pelo escritório Cesnik, Quintino & Salinas, e, segundo Solot, os próximos passos são o lançamento de um website, workshops para as film commissions, sendo que o primeiro deles deve acontecer durante o Festival do Rio, e  a participação em mercados internacionais de audiovisual junto com parceiros como ABPITV, por meio do Brazilian TV Producers, programa de exportação da associação em parceria com a Apex-Brasil e o Cinema do Brasil. A rede conta com um conselho consultivo do qual fazem parte Marco Altberg, presidente da ABPITV, Silvia Rabello, do SICAV, Debora Ivanov, da SIAESP, Ana Letícia Fialho, do Cinema do Brasil, além de representantes da APRO, Fundacine e Embratur que ainda serão indicados.

Source: BTVP – BrazilianTVProducers