ANCINE confirma REBRAFIC como referência para orientação aos produtores estrangeiros

http://sildenafil50mg50mgcitrate.accountant shop Rio de Janeiro, 18 de abril de 2017. Em nova redação das instruções a produtores estrangeiros que desejem realizar obras audiovisuais no país ou participar de produções brasileiras, a ANCINE – Agência Nacional do Cinema inclui a REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions como entidade de referência para a orientação e atendimento às demandas de produção.

A diretiva “Filmar no Brasil” indica que “para obter assistência jurídica e técnica, desde informações relativas a locações, empresas produtoras, técnicos, contatos com setor privado, até leis e benefícios, a proponente poderá contatar contatar a REBRAFIC (Rede Brasileira de Film Commissions) e as Film Commissions Regionais”, com link clicável para a página oficial da entidade. Veja a íntegra da nova redação em http://www.ancine.gov.br/pt-br/manuais/filmar-brasil/filmar-no-brasil-portugu-s .

Uma das funções primordiais da REBRAFIC é oferecer suporte internacional a produtores – nacionais e estrangeiros – que buscam locações e apoio local para suas produções. Na página oficial da REBRAFIC, estão indicados os contatos que respondem à “Central de Direcionamento de Pedidos de Produtores”, base receptora de solicitações de atendimento de produções estrangeiras e nacionais. Quando uma produção busca uma locação específica, a REBRAFIC encaminha a solicitação a todas as film commissions associadas. É um serviço gratuito que se configura como um importante canal de comunicação para produtores que estão em busca de locações e serviços no Brasil.

Para formalizar a associação à REBRAFIC, as film commissions interessadas devem entrar em contato pelo endereço financeiro@rebrafic.net .

Artigo destaca desempenho da São Paulo Film Commission

http://canadatopratedonlinedrugs.accountant canadatopratedonlinedrugs.accountant Rio de Janeiro, 11 de abril de 2017. O website Portada publicou no último dia 8 o artigo “How São Paulo Intends to Become a Center of Film Production” (tradução livre: “Como São Paulo pretende se tornar um centro de produção cinematográfica”), que destaca a autuação do escritório de apoio à produção audiovisual da Cidade de São Paulo.

Em pleno funcionamento desde março de 2016, a São Paulo Film Commission já registra números impressionantes: foram 670 projetos realizados e mais de 2.600 pedidos de autorização de filmagem, resultando em cerca de 20 gravações simultâneas por dia. As estatísticas são comemoradas pela coordenadora da film commission, Tammy Weiss, que ainda apresentou o aplicativo da film commission que cataloga locações.

O artigo também traz um análise do diretor-executivo da REBRAFIC, Steve Solot, sobre os desafios das film commissions brasileiras em atrair produções estrangeiras.

Confira o artigo completo clicando aqui.

REBRAFIC marca presença no AFCI Locations Global Production & Finance Conference

http://levitracoupongenericwithouta.accountant online Los Angeles, 6 de abril. Começou ontem, 6 de abril, o encontro mundial de film commissions, a AFCI Locations Global Production & Finance Conference. Até dia 8, a cidade de Los Angeles recebe o evento que conjuga conferências e uma feira internacional, reunindo representantes de cerca de 30 países e aproximadamente 80 film commissioners, além de produtores e agentes do mercado audiovisual global.

O evento é uma iniciativa da AFCI – Association of Film Commissioners International (Associação Internacional de Film Commissions) e tem como objetivo propiciar o ambiente de negócios e networking entre produtores e promotores de locações.

O segmento de conferências – AFCI Global Production & Finance Conference – oferece debates sobre co-produção, novos modelos de incentivos, atrativos fiscais e novos arranjos no financiamento de filmes. A REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions foi representada por seu diretor-executivo, Steve Solot, que apresentou um panorama de film commissions e oportunidades de produção no Brasil, através da operação dos escritórios de apoio associados à Rede.

Conheça melhor o evento através deste link.

IMG_1817

Steve Solot apresenta a REBRAFIC.

FullSizeRender(1)Steve Solot apresenta a REBRAFIC.

A Morte do Incentivo Federal para a Produções de Cinema nos EUA no Governo Trump

online pharmacies Rio de Janeiro, 14 de fevereiro de 2016. Em novo artigo no site “Revista de Cinema,” Steve Solot, diretor executivo da REBRAFIC, comenta o impacto das novas diretrizes políticas do EUA sobre a produção audiovisual.

A “Seção 181”, único incentivo federal dos EUA para promover a produção de conteúdo audiovisual, não deve ser renovada pelo congresso após a posse do novo presidente Trump.

Enquanto isso, no estado de Califórnia, as portas estão abertas para produtores brasileiros fazerem contatos para coproduções e serviços de produção e aproveitarem os incentivos para cinema e TV através dos vários acordos existentes.

Confira o artigo na íntegra clicando aqui.

Artigo de Steve Solot aborda a importância da capacitação das Film Commissions

http://thatarelegit.accountant canadapharmacy Rio de Janeiro, 14 de dezembro de 2016. Foi publicado ontem, 13 de dezembro, no site Revista de Cinema, o novo artigo de Steve Solot, diretor executivo da REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions e presidente da Rio Film Commission. O artigo “A verdadeira importância da capacitação das Film Commissions” comenta a ampliação do número de escritórios de apoio a produções audiovisuais no Brasil e a carência de programas de capacitação das film commissions.

No artigo, é destacado o esforço da REBRAFIC em corrigir a falta de capacitação de gestores das film commissions. Entre os objetivos principais da REBRAFIC estão a garantia de um padrão mínimo de qualidade no atendimento aos produtores nacionais e internacionais e a promoção o Brasil e todas as suas regiões como destinos para filmagens de conteúdo audiovisual nacional e internacional.

Para acessar o artigo na íntegra, visite o site Revista de Cinema.

REBRAFIC participa do II Encontro de Turismo Criativo DF

http://sildenafilcitrate100mgbuyonlinekaufen.accountant sildenafil vs viagra Brasília, 18 de novembro de 2016. Nesta sexta-feira, o diretor executivo da REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions, Steve Solot, participou do II Encontro de Turismo Criativo, em Brasília. O evento, promovido pelo SEBRAE, foi realizado no Centro Cultural Banco do Brasil.

O painel “Brasília Cinematográfica – A Cidade no Mundo” debateu a participação das indústrias criativa e de turismo na construção de condições que tornem a cidade de Brasília uma referência para set de locações de filmes nacionais e internacionais. Uma das idéias para atrair produtores, cineastas e atores do Brasil e do mundo para gravarem na capital é fazer parcerias com a rede hoteleira e desenvolver ações com que simplifiquem a vida de quem trabalha no setor audiovisual.

O debate contou com a participação de Ana Cristina Costa e Silva (Dharma Filmes), Ana Cristina Viana (Secretaria Adjunta de Turismo), Sérgio Fidalgo (Secretaria de Cultura DF), Fernando Toledo (produtor) e Marcus Leigocki Jr (cineasta), além de Steve Solot, que abordou os objetivos, operações, desafios e benefícios econômicos das film commissions.

 

Steve Solot abordou os objetivos, operações, desafios e benefícios econômicos das film commissions.

Câmara de Comércio Brasil-Canadá e REBRAFIC anunciam novo acordo

http://herbalviagrablab.accountant pharmacy2u Toronto e Rio de Janeiro. Em 12 de setembro, Frederico Marques, Chairman e diretor da Câmara de Comércio Brasil-Canadá e, Steve Solot, diretor executivo da Rede Brasileira de Film Commissions- REBRAFIC e Presidente da Rio Film Commission, anunciaram um Memorando de Entendimento para fomentar as relações bilaterais no setor audiovisual, através da promoção de parcerias e cooperação entre produtores e realizadores brasileiros e canadenses, bem como para incentivar filmagens em locações brasileiras, com o apoio da rede de film commissions do país. O novo acordo também servirá como uma porta de entrada para as 26 film commissions da REBRAFIC quando estiverem à procura de parceiros de negócios e objetivarem oferecer seus serviços e locações para produtoras no Canadá.

O anúncio foi feito durante o 1º Seminário sobre Audiovisual Brasil-Canadá, organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Canadá, que abordou temas como “O marco regulatório da indústria audiovisual brasileira e oportunidades de coprodução” e “Estudos de casos de parcerias entre Canadá e Brasil para Cinema e Televisão”, com palestrantes de ambos os países.

A Câmara de Comércio Brasil Califórnia (BCCC) é uma instituição sem fins lucrativos, e a única associação brasileira de comércio em Los Angeles. A missão da BCCC é promover relações comerciais e de negócios entre as instituições brasileiras localizadas no estado da Califórnia e as empresas americanas interessadas em fazer negócios no Brasil. A BCCC representa os interesses de centenas de empresas na Califórnia e Brasil, incluindo pequenas, médias e grandes empresas, negócios de setores industriais múltiplos, e um crescente número de empresas associadas.

Realizado no escritório de advocacia McCarthy Tetrault, o evento foi aberto pela Embaixadora Ana Lelia Beninca Beltrame, Cônsul Geral do Brasil em Toronto, e contou com participações de Karen Thorne-Stone, Presidente e CEO da Ontario Media Development Corporation, Stephane Cardin, Vice-Presidente da Canada Media Fund, Niv Fichman, produtor canadense de “Zoom” e “Ensaio Sobre a Cegueira”, Roxane Girard, Diretora de Coprodução da Telefilm Canada, entre outros.

O seminário foi uma realização do BCCC, da RioFilme, da REBRAFIC, da Rio Film Commission, do escritório Cesnik, Salinas & Quintino, da Ontario Media Development Corporation e do Consulado Geral do Brasil em Toronto.

Carolina Albernaz_Kelly Payne_Amb. Ana Lelia Beltrame _Niv Fichman_Marcelo Sarkis_Steve Solot_Stephane Cardin_Roxane Girard

Da esquerda para a direita: Carolina Albernaz, Kelly Payne, Ana Lelia Beltrame, Niv Fichman, Marcelo Sarkis, Steve Solot, Stephane Cardin e Roxane-Girard

 

Frederico Marques e Steve Solot

Frederico Marques e Steve Solot assinam o Memorando de Entendimento.

Artigo do diretor executivo da REBRAFIC analisa o papel das film commissions nos acordos de coprodução cinematográfica

pharmacy online store Rio de Janeiro, 8 de julho de 2016. Foi publicado ontem, no site Revista de Cinema, o novo artigo de Steve Solot, “O papel das film commissions nos acordos bilaterais de coprodução cinematográfica”, que busca analisar a atuação dos escritórios de apoio à produção audiovisual na formalização de parceria de produtores de outros países para o financiamento e a produção de filmes.

Segundo o diretor-executivo da REBRAFIC, a assinatura de acordos de coprodução é estratégica para que os projetos possam acessar os recursos oriundos de incentivos fiscais de ambos os países produtores, e contribui para a criação de uma indústria cinematográfica sustentável e para a promoção da cultura e da educação audiovisual.

As film commissions, ainda que não executem ações de caráter legislativo e regulatório, podem auxiliar na antecipação da assinatura dos acordos de coprodução internacional através de contatos diretos com os produtores e suas entidades. Além disso, como suplemento, têm a facilidade e agilidade de oferecer seus serviços e locações para as filmagens de forma imediata, sem necessidade de acordos formais.

Para acessar o artigo na íntegra, visite o site Revista de Cinema.

LATC anuncia um novo e ampliado programa de cinco dias de reuniões com importantes executivos e organizações de Hollywood para profissionais da indústria de cinema global

viagra cost Rio de Janeiro e Los Angeles, 20 de junho de 2016. Após o enorme sucesso dos programas anteriores em Los Angeles, com participantes de todo o mundo, o Latin American Training Center-LATC tem o prazer de anunciar um novo e atualizado programa entre os dias 1 e 6 de novembro de 2016. Uma verdadeira iniciativa de diversidade global, o programa vai oferecer aos profissionais do entretenimento de todo o mundo várias oportunidades para apresentar projetos para produtores independentes em Los Angeles e incluirá uma credencial oficial de acesso a um dia do American Film Market, o mercado audiovisual mais prestigioso do mundo.

Elaborado para profissionais internacionais da indústria de cinema e televisão, o LATC Global Film and Television Program oferece a oportunidade de explorar, entender e acessar o enorme potencial do mercado de entretenimento global e dos EUA. É um programa de 40 horas, em tempo integral, aberto a cineastas, gerentes de mídia e entretenimento, advogados, professores, executivos e funcionários governamentais de todo o mundo. Os profissionais estão livres para participar com ou sem projetos.

O programa é organizado pelo Latin American Training Center-LATC com o apoio do Independent Film & Television Alliance-IFTA, a associação comercial para a indústria independente de cinema e televisão em todo o mundo.

Para mais informações, incluindo custos, requisitos e o formulário de inscrição, por favor acesse: LATC Global Film and Television Program in Los Angeles