Category Archives: Notícias

Mato Grosso recebe o Curso de Certificação de Film Commissioners

viagra online Cuiabá, 17 de novembro de 2017. A convite do SEBRAE-MT, a REBRAFIC conduziu o Curso de Certificação de Film Commissioners em Cuiabá, capital matogrosssense, entre os dias 16 e 17 de novembro. O objetivo do encontro foi apresentar as bases para o estabelecimento de uma film commission de abrangência estadual, através de sinergias entre os setores público e privado.

IMG_1426

Paula Bruehmueller (SEBRAE-MT) e o diretor executivo da REBRAFIC (Steve Solot)

Na noite do dia 16 (quinta-feira), o diretor executivo da REBRAFIC, Steve Solot, abriu a ocasião com um panorama sobre a indústria audiovisual mundial e os benefícios econômicos gerados pelo estabelecimento e funcionamento de uma film commission.

 

IMG_1440

Apresentação do dia 16 de novembro.

Durante o dia 17, sexta-feira, foram abordados os aspectos legais e práticos da atividade de um escritório de apoio à produção audiovisual. Os participantes puderam ter contato com a rotina de um film commissioner, além de compreender os desafios enfrentados na operação plena de uma FC.

 

IMG_1471

Apresentação do dia 17 de novembro.

O público presente era composto essencialmente por produtores audiovisuais e gestores públicos das áreas de Turismo e Cultura. Ao final do curso, os participantes receberam o certificado emitido pela empresa LATC – Latin American Training Center, especializada em iniciativas de capacitação.

REBRAFIC marca presença em evento de Los Angeles (EUA)

northwest pharmacy canada Los Angeles, 31 de outubro de 2017. O Luxe Sunset Boulevard Hotel, de Los Angeles (EUA) recebeu na última terça-feira, 31, o evento ‘The Brazilian Film, TV and Video on Demand Industry’ (A Indústria Brasileira de Filmes, TV e Video on Demand’), que abordou as parcerias e oportunidades de investimentos, além de marcos regulatórios para a indústria audiovisual brasileira.

A abertura ficou por conta do Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, que ofereceu um panorama da indústria criativa no Brasil, com foco sobre a atividade audiovisual. O diretor executivo da REBRAFIC, Steve Solot, integrou o painel ‘Audiovisual Production in Brazil: Incentives for Investiments’ (‘Produção Audiovisual no Brasil: Incentivos para investimentos’), que ainda contou com a participação de Mary Ann Hughes (Vice Presidente de Planejamento de Produções da Disney) e Felipe Cusnir (Gabinete do Prefeito de Los Angeles).

 

IMG_0750

Steve Solot apresenta a REBRAFIC no evento.

IMG_0752

Painel ‘Audiovisual Production in Brazil: Incentives for Investiments’: Steve Solot, Mary Ann Hughes, Sergio Sá Leitão e Felipe Cusnir.

IMG_0703

Steve Solot, Fabio Cesnik e Sergio Sá Leitão com o “Guia para Film Commissions”

O evento foi promovido pela MPA – Motion Picture Association, pelo Festival Hollywood Brazilian e pela firma Cesnik, Quintino & Salinas Advogados.

ANCINE ANUNCIA MEDIDAS DE APOIO ÀS FILM COMMISSIONS EM WORKSHOP DA REBRAFIC

www Rio de Janeiro, 12 de outubro de 2017. Aconteceu ontem, 11 de outubro, o workshop de film commissions realizado pela REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions durante o Rio Market.

Durante a mesa-redonda “Políticas públicas aos escritórios de apoio ao audiovisual”, Debora Ivanov, Diretora-presidente em exercício da Ancine, anunciou duas ações inéditas para contribuir com o crescimento das film commissions:

1) a validação das film commissions existentes no país a traves de um mapeamento observando uma grade de critérios, para que então a Ancine realize a divulgação do trabalho de cada film commission direcionada às produções estrangeiras, e 2) a destinação de recursos para a capacitação pelas novas regras da linha de Arranjos Financeiros Estaduais e Regionais da FSA.

Além da diretora-presidente em exercício da Ancine, a mesa-redonda contou com representantes do BNDES – Banco Nacional do Desenvolvimento, da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura e do STIC – Sindicato Interestadual dos Trabalhadores na Indústria Cinematográfica e do Audiovisual

IMG_6558

Da esquerda para a direira: Tânia Pinta (Rio Film Commission), Steve Solot (REBRAFIC), Debora Ivanov (Ancine) e Tammy Weiss (São Paulo Film Commission)

Debora Ivanov, diretora-presidente em exercício da Ancine, exaltou o trabalho da REBRAFIC: “Por estímulo da REBRAFIC, estamos pensando em ações que possam contribuir para o crescimento das film commissions“. Segundo Ivanov, uma destas ações é a validação das film commissions existentes no país. Para tanto, será feito o mapeamento dos escritórios de apoio observando uma grade de critérios, para que então a Ancine realize a divulgação do trabalho de cada film commission direcionada às produções estrangeiras que visem ser desenvolvidas no Brasil.

Luciane Gorgulho, chefe de Departamento da Economia da Cultura do BNDES, afirmou que as film commissions otimizam o potencial econômico da cadeia produtiva da cultura, pois auxiliam o desenvolvimento orgânico nacional e regional, auxiliam a regulação e desburocratização da atividade audiovisual e incrementam a geração de receitas e postos de trabalho.

BNDES

Apresentação de Luciane Gorgulho (BNDES)

Para a Secretaria do Audiovisual, representada por Ana Paula Sylvestre, é priomordial a identificação de polos promissores para a instalação de film commissions, levando em conta as oportunidades de desenvolvimento econômico regional.

O presidente do STIC, Luiz Antonio Gerace, enalteceu o papel das film comissions de promover o intercâmbio e diálogo entre profissionais locais e demais agentes da indústria criativa.

Sav e STIV

Luiz Antonio Gerace (STIC) e Ana Paula Sylvestre (SAv)

Depois da mesa-redonda, Steve Solot, Diretor Executivo da REBRAFIC, apresentou os objetivos e benefícios da REBRAFIC, seguido pela apresentação de Denise Forini, representante do Sebrae Nacional, que destacou que as film commissions promovem a sustentabilidade dos empreendimentos audiovisuais, a integração com o turismo e o auxílio na interface com o poder público.

steve2

Steve Solot, diretor executivo da REBRAFIC.

sebrae

Denise Forin, representante do Sebrae Nacional

Na parte da tarde, a mesa-redonda “Experiências de Film Commissions no Brasil” ouviu os depoimentos de Leonardo Randolfo (Presidente da Film Commission de Petrópolis), Tammy Weiss (Coordenadora da São Paulo Film Commission – Spcine), Roberto Monzo (Diretor Executivo do Pólo Audiovisual de Barra do Piraí – RJ), André Felipe Gevaerd Neves (Diretor da Rede Catarinense de Film Commissions – RECAFIC e diretor administrativo-financeiro da REBRAFIC) e Giovana Arduíno (Representante da Ribeirão Preto Film Commission).

Tammy e Pandolfo

Tammy Weiss (São Paulo Film Commission) e Leonardo Pandolfo (Film Commission de Petrópolis)

Pandolfo apresentou um panorama dos desafios de uma film commission recém implantada, enquanto Weiss apresentou os resultados da film commission paulistana, em operação há um ano e 4 meses: foram atendidas 1.258 produções nacionais e internacionais. Gevaerd falou sobre as articulações necessárias para a atividade plena de uma film commission, seguido pelo Arduíno, que expôs os fatores prósperos do escritório de apoio de Ribeirão Preto. Já Monzo, relatou os 8 anos de trabalho em torno do Polo Audiovisual de Barra do Piraí, que conta com um festival de cinema estudantil realizado anualmente.

recafic ribeirao monzo

André Felipe Gevaerd Neves (Diretor da Rede Catarinense de Film Commissions – RECAFIC e diretor administrativo-financeiro da REBRAFIC), Giovana Arduíno (Representante da Ribeirão Preto Film Commission) e Roberto Monzo (Diretor Executivo do Pólo Audiovisual de Barra do Piraí – RJ).

Marcia Pessoa, Gerente de Turismo e Incentivo do Rio Convention & Visitors Bureau, apresentou o plano de trabalho em execução no município do Rio de Janeiro e enfatizou os benefícios gerados pelo turismo cinematográfico. Em seguida, Tânia Pinta, coordenadora da Rio Film Commission, explicou os pontos básicos do atendimento das film commissions a uma produção.

Marcia pessoa

Marcia Pessoa, do Rio Conventions & Visitors Bureau

Tp

Tânia Pinta, Coordenadora da Rio Film Commission

A última apresentação do workshop foi conduzida por Julio Uchôa, experiente produtor responsável pelo longa-metragem ‘SOS – Mulheres ao Mar 2’, que relatou sua experiência de parceria com uma film commission estrangeira.

julio uchoa

Julio Uchôa, produtor.

O evento, realizado no Hotel Royal Tulip Rio São Conrado, contou com 200 inscritos e foi encerrado com a entrega de certificados aos participantes.

Conheça a programação e palestrantes do Workshop de Film Commissions

sildenafil ervaringen Rio de Janeiro, 25 de setembro de 2017. Ainda há vagas para participar do Workshop de Film Commissions! O workshop será realizado durante o Rio Market, no dia 11 de outubro (entre 10 e 17h) na sala 2 da sede do Festival do Rio (Hotel Gran Meliá Nacional Rio Av. Niemeyer, 769 – São Conrado).

Confira a programação e palestrantes do Workshop de Film Commissions:

10:00 – 10:15 Steve Solot – Diretor Executivo, REBRAFIC
Abertura e boas vindas

10:15 – 11:15 Mesa redonda de políticas públicas aos escritórios de apoio ao audiovisual:
• Ana Paula Sylvestre – Diretora do Departamento de Políticas Audiovisuais da SAv
• Débora Ivanov – Diretora-presidente em exercício da ANCINE
• Luciane Gorgulho – Chefe de Departamento da Área de Indústria e Serviços, BNDES
• Luiz Antonio Gerace – Presidente do STIC

11:15 – 12:15 Steve Solot – Diretor Executivo da REBRAFIC.
Objetivos e benefícios da REBRAFIC.

12:15 – 13:00 Denise Forini – Sebrae Nacional, Unidade de Atendimento Setorial Comércio e Serviços
O apoio da Sebrae na capacitação de film commissions

13:00 – 14:00 Intervalo para almoço

14:00 – 15:00 Mesa Redonda de Experiências de Film Commissions no Brasil, com:
• Leonardo Randolfo – Diretor-Presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esporte de Petrópolis / Presidente da Film Commission de Petrópolis
• Tammy Weiss – Coordenadora da São Paulo Film Commission, Spcine
• Roberto Monzo – Diretor Executivo do Pólo Audiovisual de Barra do Piraí
• André Felipe Gevaerd Neves – Diretor da Rede Catarinense de Film Commissions – RECAFIC e diretor administrativo-financeiro da REBRAFIC.
• Giovana Arduíno – Representante da Ribeirão Preto Film Commission

15:00 – 15:30 Marcia Pessoa – Gerente de Turismo e Incentivo do Rio Convention & Visitors Bureau
O turismo cinematográfico

15:30 – 16:00 Tânia Pinta – Coordenadora da Rio Film Commission
O atendimento às produções: procedimentos e documentos.

16:00 – 16:30 Julio Uchôa – Produtor da Ananã Produções
A experiência do produtor e o “Production Service” com film commissions

16:30 – 17:00 Entrega de certificados de participação no workshop e encerramento

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas através do site do Rio Market.

RioMarket é a área de negócios do Festival do Rio e tem como compromisso contribuir para o desenvolvimento da indústria audiovisual, permitindo a troca de conhecimento entre profissionais renomados, novos produtores e empresas conceituadas da área, e proporcionando novas oportunidades de negócios e capacitação de profissionais do mercado. O evento ocorre entre 9 e 14 de outubro.

REBRAFIC assina memorando de entendimento com as duas associações de produtores mais importantes do Peru

url Lima, Peru, 22 de setembro de 2017. Na última sexta-feira, 22, a APCP – Asociación de Productores Cinematográficos del Peru e a UCP – União de Cineastas Peruanos assinaram com a REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions um memorando de entendimento (MoU) durante o II SIPC – Seminário Internacional de Produção Cinematográfica.

O objetivo do acordo é criar um marco para o desenvolvimento das relações de cooperação e beneficiar a cada organização e seus respectivos membros. Como resultado, são esperados negócios e oportunidades de produção audiovisual que possam conectar produtoras associadas a film commissions e suas locações, de forma a estimular a atividade econômica nos dois países.

O memorando visa promover a coprodução de filmes, programas de televisão e demais formatos de conteúdo audiovisual, além de filmagens em locações no Brasil por produtores do Peru, com o suporte de uma rede de 26 film commissions em 14 estados brasileiros e no Distrito Federal. Assim, o novo acordo é uma oportunidade para que os membros da REBRAFIC ofereçam seus serviços e locações para as produtoras peruanas.

O documento foi assinado por Nathalie Hendrickx (Presidente da APCP), Gabriel Quispe Medina (Presidente da UPC) e Steve Solot (Diretor Executivo da REBRAFIC).

FullSizeRender

Da esquerda para a direita:  Gabriel Quispe Medina, Steve Solot, Roberto Barba (Diretor da Transversal Films e Coordenador do Seminario Internacional de Producción Cinematográfica) e Nathalie Hendrickx.

http://revatioviagra.accountant more Sobre a APCP:
A Asociación de Productores Cinematográficos del Peru – APCP é uma associação de produtores de cinema peruanos fundada em 2004, para preencher o vazio deixado pelo fim da Asociación de Cineastas del Perú, que existiu no país entre 1977 e 2000, e alcançou muito sucesso na promulgação da legislação cinematográfica peruana. A APCP tem como objetivo defender os direitos e interesses de todos aqueles que querem produzir cinema no Peru, propiciar e defender a existência do cinema peruano, e colaborar com o Estado e demais associações do mercado cinematográfico, como aquelas dos setores de exibição e distribuição.

http://viagravscialisgeneric100mg.accountant generic viagra without a doctor prescription Sobre a UCP:
Fundada em julho de 2009, a UCP – União de Cineastas Peruanos é uma associação de cinema que reúne cineastas de todas as especialidades produtivas (técnicas e artísticas), além de agentes culturais, que formam o cinema peruano. Desde sua fundação, tem feito propostas para o desenvolvimento integral do cinema do país, incluindo a elaboração de sucessivos projetos de lei, em coordenação direta com o Congresso da República e também em grupos de trabalho convocados pelo Ministério da Cultura e seus departamentros que fomentam o cinema, o audiovisual e a indústria cultural em geral. Em 2017, a UCP elaborou o projeto de lei de Cinema e Audiovisual Peruano, recentemente aprovado pelo Conselho de Ministros e enviado ao Congresso da República.

Inscrições abertas para o Workshop de Film Commissions da REBRAFIC

http://viagrasamplesgenericinusa.accountant sale Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2017. Por mais um ano, a REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions realizará o Workshop de Film Commissions. No dia 11 de outubro, entre 10 e 17h, especialistas em film commissions, representantes de órgãos públicos e produtoras audiovisuais apresentarão um panorama sobre benefícios, operações e objetivos de uma film commission. O evento é direcionado a representantes de órgãos municipais, estaduais e federais interessados em aperfeiçoar ou criar uma nova film commission numa determinada localidade, além do público de realizadores que passará a ter contato com um escritório de apoio a produções audiovisuais.

A realização do workshop  é fruto da parceria da REBRAFIC com o RioMarket (área de negócios do Festival do Rio). As inscrições são cialis professional gratuitas e devem ser feitas através deste link.

REBRAFIC se reúne com Diretora-Presidente da ANCINE

http://levitra20mgvsviagra.accountant buy levitra online Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2017. Nesta segunda-feira, o diretor-executivo da REBRAFIC, Steve Solot, se reuniu com Debora Ivanov, Diretora-Presidente em exercício da Ancine, na sede da agência no Rio de Janeiro, para tratar de assuntos institucionais da REBRAFIC.

A reunião teve como foco as possibilidades de apoio da Ancine à atividade de film commissions, como capacitação, cadastro nacional, participação em workshops e chancela oficial da entidade as film commissions oficialmente constituídas, entre outras questões. A Diretora-presidente se comprometeu a estudar maneiras de fortalecer a REBRAFIC e seus iniciativas para consolidar as film commissions como elo estratégico na cadeia produtiva da indústria audiovisual no país.

Com o apoio da REBRAFIC, MT dá início à formação de sua film commission estadual

Rio de Janeiro, 8 de agosto de 2017. Numa conjunção de interesses em comum, a Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT), MTCine e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MT) somam seus esforços para que o Estado do Mato Grosso ganhe novo status no cenário do cinema brasileiro e passe a figurar na lista dos 16 estados que buscam desenvolver sua própria film commission.

A primeira ação foi o seminário realizado pelo Sebrae, que contou com apoio da SEC-MT e do MTCine, e a palestra do diretor executivo da Rede Brasileira de Film Commissions (Rebrafic), Steve Solot. Dentre muitos assuntos, ele ressaltou a importância da criação desta iniciativa, sua interface e relações estratégicas com entidades locais, além de legislação e embasamento legal das Film Commissions.

A expectativa é que o Estado execute políticas públicas para o desenvolvimento do mercado audiovisual, impulsionando o turismo regional e favorecendo agentes da cadeia produtiva do setor, bem como prestadores de serviço locais. Nos próximos meses, é prevista a realização de um workshop dedicado à film commissions, sob condução da REBRAFIC.

MIAMI E PORTUGAL ANUNCIAM NOVOS INCENTIVOS PARA ATRAIR PRODUÇÕES

Rio de Janeiro, 1º de agosto de 2017. Dois novos programas prometem aumentar ainda mais a concorrência feroz entre Estados, cidades e países do mundo inteiro, para oferecer locações, infraestrutura, atendimento e, principalmente, um leque de incentivos fiscais, subsídios e “rebates” (reembolsos) para baratear o custo da produção de filmes, programas de TV e publicidade.

Em Portugal, o “Pic Portugal”, novo programa do incentivo, oferece novas oportunidades para produtores brasileiros que buscam recursos no exterior, sejam em serviços de produção ou coprodução.

Nos EUA, a film commission do Condado de Miami-Dade anunciou novo incentivo que prevê o reembolso de U$100.000 para produtores que gastam um mínimo de 1 milhão de dólares na área, sendo que cada produção deve gastar 70% do orçamento total no condado, e 50% do elenco e equipe devem ser residentes.

Para mais detalhes, acesse o artigo assinado pelo diretor executivo da REBRAFIC, Steve Solot, clicando aqui.

REBRAFIC assina acordo com entidades iberoamericanas

Madri, 20 de julho de 2017. A Federação Ibero-americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais-FIPCA, a Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Audiovisuais-EGEDA e a Spain Film Commission (Associação Espanhola de Film Commissions) assinaram um acordo com a REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions por ocasião do Fórum EGEDA/FIPCA no dia 20 de julho de 2017 em Madri, no âmbito dos Prêmios Platino do Cinema Ibero-americano.

As entidades concordaram em assinar um Memorando de Entendimento para gerar oportunidades para conectar as produtoras de todos os países ibero-americanos com as 27 film commissions que formam parte da REBRAFIC. As disposições específicas do acordo incluem:
• Criar um marco para o desenvolvimento de relações de cooperação entre as partes – EGEDA e FIPCA, de um lado, e REBRAFIC e Spain Film Commission, de outro lado;
• Gerar oportunidades de negócios e produção audiovisual para conectar produtores audiovisuais associados com film commissions no Brasil e na Espanha, e locações para a produção de conteúdo audiovisual;
• Participar de atividades de cooperação para o benefício mútuo e o crescimento de suas respectivas indústrias em seus respectivos países;
• Trabalhar para a futura realização de uma Edição do Fórum EGEDA/FIPCA e os Prêmios Platino do Cinema Ibero-americano no Brasil;
• Facilitar o diálogo entre produtores ibero-americanos com associações da indústria, sindicatos e grupos relacionados com a indústria de produção audiovisual no Brasil, e especificamente as entidades que fazem parte do Conselho Consultivo da REBRAFIC.
• A REBRAFIC se compromete a disponibilizar informações sobre as locações para filmagens de todas as film commissions associadas, além de lhes fornecer pedidos de produtores membros da EGEDA e da FIPCA em busca de locações específicas, com a colaboração da Spain Film Commission.

IMG_2960

O acordo foi assinado por Carlos Antón (diretor-adjunto da EGEDA), Ignacio Rey (vice-presidente da FIPCA), Carlos Rosado (presidente da Spain Film Commission), e Steve Solot (diretor executivo da REBRAFIC).

Os signatários:

Rede Brasileira de Film Commissions – REBRAFIC (www.rebrafic.net): Rede nacional que representa 27 film commissions municipais ou estaduais, já estabelecidas ou em processo de desenvolvimento. Busca promover todas as regiões do Brasil como locações e garantir um alto nível de padronização e apoio aos produtores nacionais e estrangeiros. O Conselho Consultivo da REBRAFIC inclui as principais entidades de produção de conteúdo audiovisual: Associação Brasileira de Produtores Independentes de TV-BRAVI, Sindicato Interestadual da Indústria Audiovisual-SICAV, Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado de São Paulo-SIAESP, Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais-APRO. Cinema do Brasil, e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social–BNDES.

Spain Film Commission-Associação Espanhola de Film Commissions (www.shootinginspain.info): Representa a rede de film commissions na Espanha. Atualmente a SFC é composta por trinta associados dependentes dos poderes públicos locais, provinciais e regionais espanhóis. Seus objetivos são promover a Espanha como destino de filmagens para obras audiovisuais. A SFC mantém relações de colaboração com ICAA, ICEX e Turespaña para a melhoria das condições competitivas da Espanha, a promoção internacional do território e o desenvolvimento de estratégias de rentabilização turística do cinema. A SFC é membro-fundadora da EuFCN e sócia da AFCI.

EGEDA – Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Audiovisuais (www.egeda.es): Criada em 1990, é uma entidade de gestão de direitos de propriedade intelectual que representa e defende os interesses dos produtores audiovisuais derivados dos direitos que reconhece e protege a Lei de Propriedade Intelectual dos diferentes países ibero-americanos. É uma sociedade de serviços para os produtores audiovisuais. São associados da EGEDA os produtores audiovisuais ibero-americanos de obras audiovisuais (longas-metragens, curtas-metragens, séries de televisão, entre outros formatos) e os titulares de direitos estrangeiros, sejam pessoas físicas ou jurídicas. A adesão na EGEDA é voluntária e gratuita.

A Federação Ibero-americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais-FIPCA (www.fipca.com): tem seus antecedentes nas Reuniões de Cúpulas Ibero-americanas de Chefes de Estado e Governo, como una iniciativa da Conferência de Autoridades Cinematográficas Ibero-americanas (CAACI) de forma a contribuir ao desenvolvimento da cinematografia ibero-americana. Seu objetivo é oferecer uma solução às demandas de produtores de toda a Ibero-América. Podem ser membros todas as federações nacionais que agrupam empresários produtores audiovisuais e associações de produtores de toda a Ibero-América.

Fórum EGEDA/FIPCA do Audiovisual Ibero-Americano (www.foroegeda.com): Pretende ser um encontro dos principais agentes do setor audiovisual ibero-americano, reunidos para debater e planejar a resposta do setor para os principais desafios na região: Podemos criar e desenvolver um mercado interno ibero-americano para nossa indústria audiovisual? O que nosso audiovisual precisa para se converter no veículo que leva nossa cultura a todos os lugares do planeta? O Fórum tem o objetivo de contribuir com o mais alto nível para o desenvolvimento do setor audiovisual na Ibero-América, promovendo a definição e o planejamento de estratégias e sua efetiva implementação.

Prêmios Platino do Cinema Ibero-Americano (www.premiosplatino.com): Grande evento de promoção internacional, fomento e apoio ao cinema ibero-americano, criado pela EGEDA em associação com a FIPCA, as Academias de Cinema Ibero-americanas, o Latin Artist e com o apoio dos Institutos de Cinema, para reconhecer os profissionais da indústria cinematográfica. Tornou-se o maior espetáculo do cinema ibero-americano e está se consolidando como o maior evento de promoção internacional da marca do cinema ibero-americano em seu conjunto.

 

MOU logos3 (1)